O Apologista da Verdade. Tecnologia do Blogger.

Pesquise no blog

Carregando...

Acessem o site oficial para baixar

domingo, 24 de maio de 2015






Conceito correto ao assistir ao vídeo:

Às vezes os defensores da verdade bíblica precisam usar de firmeza, assim como Jesus fez ao lidar com os líderes religiosos que não estavam dispostos para com a verdade bíblica. No entanto, isso não denigre a qualidade da argumentação, nem denigre a pessoa, ou pessoas, que defendem a verdade bíblica, do mesmo modo como a firmeza do Filho de Deus ante a incredulidade de seus contemporâneos judeus não denegriu Sua imagem.

Outra coisa a considerar é o contexto dos fatos que levam a uma palestra com religiosos da cristandade. Não em todos os casos, mas, via de regra, tais líderes costumam ter uma postura arrogante. No vídeo acima, por volta de 48 minutos e 25 segundos, a Testemunha de Jeová que providenciou tal palestra declarou que um dos visitantes ali lhe havia dito: ‘Convide pessoas que conhecem do assunto, que entendem do assunto.’ Nisso se percebe um tom de superioridade.

Seguem abaixo alguns destaques desse excelente vídeo (a minutagem é aproximada):

§  A palestra se inicia com uma brilhante explicação da base científica e também bíblica que fundamentam a posição das Testemunhas de Jeová na questão de não aceitar sangue alogênico.

§  Após isso, os visitantes desferem um ataque à pessoa de Charles Taze Russell, uma notável Testemunha de Jeová, o que é combatido solidamente pelos argumentadores das Testemunhas de Jeová com citação de documentos inclusive jurídicos.

§  Depois, os trinitaristas presentes demonstram desconhecer a Perícope Adúltera – que a passagem de João 7:53 a 8:11 foi acrescentada.[1]

§  Só em 1h52min. começa-se a falar indiretamente da trindade, quando os da cristandade ali questionam como a Tradução do Novo Mundo verte João 14:10.

§  2h25min: Foram colocados três textos para eles explicarem: 1 Coríntios 15:27, 28; Apocalipse 1:1 e João 5:41.

§  2h29min: O batista, tentando explicar 1 Coríntios 15:27 e 28, declarou: “Jesus se sujeitou a Deus porque ele também é Deus.” Então fica a pergunta: Deus se sujeita a Deus???

§  2h55: Após a malsucedida explicação ilógica, o trinitarista diz: “Vou dar uma nova explicação...” Parece que até ele percebeu que a primeira explicação que deu não convenceu!

§  2h56: Diante da pergunta fatal exposta por Pedro – 'em 1 Coríntios 15:27 e 28 o Filho está no céu ou na Terra?’ e de Ringo – "Deus tem um Deus [acima dele]?" O trinitarista fica totalmente sem saída!

§  2h58min: o trinitarista admite sem querer que o Pai é o Deus único e verdadeiro! Pelo visto, os próprios trinitaristas não acreditam no que eles mesmos pregam ...

§  2h59min: visto que Jesus é o mesmo ontem, hoje e para sempre – uma vez que ele foi obediente, então continuará sendo obediente.

§  2h59min: O trinitarista afirma: “Deus nunca esteve sujeito.” Mas Jesus esteve, não é mesmo? Assim, Jesus não é o Deus todo-Poderoso.


§  3h01min: Trinitarista admite: “Jesus sempre foi sujeito.” E agora???

§  3h05min: Após leitura de Apocalipse 3:12, uma das Testemunha de Jeová pergunta: “Quem é o Deus de Jesus?” O trinitário responde: “Jesus é Deus.”

§  3h 9min:46s: trinitário tenta explicar Apocalipse 312 (em que Jesus chama seu Pai 4 vezes de “meu Deus”). O trinitário argumenta: ‘Por que Jesus falou “meu Deus”? Porque a linguagem de Jesus foi para que chegasse ao entendimento do homem. João era um homem, e para entender que era Jesus quem estava falando, Jesus fez essa referência. É por isso que Jesus usava “meu Deus”, “meu Pai”.’ Essa “explicação” absurda dispensa maiores comentários …

§  3h11min: trinitarista negou-se a pronunciar o nome divino.

§  3h13min: trinitarista critica as Testemunhas de Jeová por usarem a lógica!

§  3h15min: refutação da questão da lógica. Romanos 12:1 diz que devemos adorar a Deus com lógica.

Esse vídeo é uma prova documentada de como a doutrina da Trindade não é bíblica, não tem lógica, e de como os trinitaristas ficam sem saída e perplexos ao tentar, malsucedidamente, explicar o inexplicável e absurdo.

Assista a esse excelente vídeo e veja por si mesmo a diferença entre a clara e cristalina verdade bíblica – de que somente Jeová é o Deus Todo-Poderoso e que Jesus Cristo é Seu Filho submisso – e a confusa, inexplicável e ilógica doutrina da Trindade.




Os artigos deste blog podem ser citados ou republicados, desde que seja citada a fonte: o blog oapologistadaverdade.blogspot.com.br