O Apologista da Verdade. Tecnologia do Blogger.

Pesquise no blog

Carregando...

Acessem o site oficial para baixar

sábado, 25 de abril de 2015


Antes de publicar um artigo mais abrangente sobre o emprego de παρθένος em 1 Cor. 7:36-38, observe o que foi postado por estudiosos  :
1Cor 7:38 – Dar παρθένος em casamento
Wes.Williams@twcable.com Terça, 03 de dezembro de 1996 15:30:01 MST
Mensagens classificadas por: [data] [tópico] [assunto] [autor]
Próxima mensagem: Michael H. Burer: “Re: 2º ano de gramática”
Mensagem anterior: Jeffrey Gibson: “Re: 1Cor 7: 1 – Não tocar em uma mulher ….”
> Wes,
Apesar do que L & W afirmam que o termo παρθένος poderia implicar, ainda há uma grande diferença na minha mente entre desistir de uma virgem em casamento (que é o que 1 Cor. 7:38 diz) para desistir de uma virgindade depois que se casou. Acrescente-se a isso, o fato de que γαμίζων  consistentemente significava “dar outrem em casamento (como um pai faz a sua filha)” e não casar-se. E parece quase impossível que Paulo esteja falando no vs. 38 sobre (muito menos que esteja recomendando) um homem permanecer virgem (sexualmente intocado e não tocando) depois que ele se casa.
<παρθένον  no 7:36
…Ε  δέ  τις  σχημονεν  π  τν  παρθένον  
Mas, se alguém pensar que se comporta de modo impróprio para com sua virgem

NIV: “Se alguém pensa que ele está agindo de forma inadequada com a virgem para quem ele é  contratado”
NAB: “Mas, se alguém pensa que está agindo de modo inapropriado com sua filha virgem”
Moffatt:  “Se alguém considera que não está se comportando adequadamente para com a jovem que é sua noiva espiritual”
NEB: “… parceira no celibato.” 
NRS: “Se alguém pensa que ele não está se comportando adequadamente para com a sua noiva” 
Darby: “Mas, se alguém pensa que se comporta de forma indecente para com sua virgindade”
NWT: “Mas, se alguém pensa que se está comportando de modo impróprio para com a sua virgindade”.

Como entendermos PARTHENON aqui? Será que é virgem? Virgem com quem ele está noivo? Filha virgem? Noiva? Noiva Espiritual? Parceira no celibato? ou Virgindade? Cada entendimento tem suas próprias dificuldades. Eu concordo com você que v.38 (γαμίζων  τν αυτο  παρθένον “dar a sua virgem em casamento”) é literal, palavra por palavra, e eu não discordo gramaticalmente dessa possibilidade.

Minha preferência por “dar a sua virgindade em casamento” surge após considerar o contexto de que Paulo estava falando. ”Virgindade” é preferida pela nota de rodapé da “Emphatic Diaglott“, que diz:

“παρθένος, comumente traduzida virgem, tem sido vertida como significando também um estado de virgindade ou celibato.”

O Dr. G.R Berry propõe a seguinte leitura interlinear: “se comporta indecorosamente à virgindade dele.” Isto significaria que “virgem” em questão não é a de alguma outra pessoa, mas a sua própria virgindade. Esta foi a resposta curta. Se você está interessado na resposta longa envolvendo o contexto, segue-se aqui. Eu não estou procurando necessariamente convencer ninguém, nem sou dogmaticamente contra algumas leituras, mas espero pelo menos, explicar porque “virgindade” é preferível para alguns. Pergunta: Por que as traduções da Bíblia diferem tanto em 1 Cor. 7:38 na tradução de de παρθένος? Aqui vai uma tradução dos VSS. 36-38 que emprega “virgindade”:

“Mas, se alguém acha que está se comportando de modo impróprio para com a sua virgindade, se esta estiver além da flor da juventude, e este é o modo em que deve ocorrer, faça ele o que quiser; ele não peca. Casem-se. Mas, se alguém estive resolvido no seu coração, não tendo necessidade, mas tiver autoridade sobre a sua própria vontade e tiver feito esta decisão no seu próprio coração, de manter a sua própria virgindade, ele fará bem. Consequentemente, também faz bem aquele que der a sua virgindade em casamento, mas, aquele que não a der em casamento fará melhor.” – 1 Cor. 7: 36-38.

As traduções acima mostram a dificuldade em compreender e transmitir o significado do grego desta passagem.

A UBS4 lê: 

“Ε  δέ  τις  σχημονεν  π  τν παρθένον  ατο  νομίζει.”

De acordo com a Interlinear do Dr. A. Marshall: “Mas se alguém se comportar desonrosamente para com à virgem dele pensa …”. “O principal problema envolve a frase “τν  παρθένον  ατο .” O que Paulo queria dizer? Muitas vezes Comentários da bíblia trazem até três possibilidades, que se refletem em várias versões em muitas Bíblias populares.
Resumidamente, considerar essas três opções nos ajudará a apreciar o ponto desta passagem. [Por favor, se eu perdi algum de vista, me perdoe, eu não desejo publicar uma tese] 

Um: Alguns dizem que esses versículos se referem a autoridade de um guardião ou do pai em dar uma menina em casamento ou de proibi-la de se casar. Para transmitir essa idéia, certas traduções adicionam a palavra “filha”, como faz a NASB. Existem, no entanto, dificuldades com este ponto de vista. Em primeiro lugar, a passagem na realidade em lugar algum fala de uma filha, pai ou responsável. Além disso, 1 Coríntios 7:37 mostra que o que estava em questão era a autoridade de um homem sobre sua própria vontade. Então, por que deveríamos concluir que Paulo recomendava que uma mulher permanecesse celibatária só porque seu pai não era distraído por causa da paixão sexual? 

Dois: Outros acham que Paulo estava aconselhando um homem sobre a possibilidade de se casar com sua noiva ou não. Assim, a RSV reza: “Se alguém pensa que não está se comportando corretamente para com sua noiva, se suas paixões são fortes…” Porém, o fato é que no texto original estes versos não mencionam uma “mulher dada em casamento” ou “noiva”. Além disso, esta abordagem coloca toda a ênfase no homem. Mas, parece ser compatível com o cristianismo que Paulo estaria preocupado somente com o homem, não mostrando absolutamente nenhum interesse nas necessidades e sentimentos da mulher? 

Três: Ainda, outros dizem que 1 Cor. 7: 36-38 envolve casais cristãos que estavam vivendo juntos, mas em celibato e que haviam renunciado relações sexuais por razões espirituais. Assim, a tradução de Moffatt diz: “Se alguém considera que não está se comportando adequadamente para com a jovem que é sua noiva espiritual… ” A NEB fala de sua “parceira no celibato.”A dificuldade com esse terceiro ponto de vista é o que o apóstolo aconselhou mais cedo em 1 Coríntios 7. Paulo havia mencionado, nos VSS. 3-5, a possibilidade de um casal abster-se temporariamente de relações sexuais por acordo mútuo. Mas ele disse que mais tarde eles deveriam se reunir novamente para que não caíssem em tentação. Além disso, se Paulo estivesse se referindo a casados que vivem em celibato, por que iria recomendar o casamento deles se a paixão sugeria a necessidade disso?

Com as dificuldades colocadas por estes três pontos de vista, há uma outra versão que transmite o sentido apropriado? Como se observa, a principal dificuldade envolve a frase ”  τν  παρθένον  ατο.” Neste respeito, uma nota de rodapé da Emphatic Diaglott diz: “Parthenos, comumente traduzido virgem, foi vertida também como significando um estado de virgindade ou celibato.” O Dr.G. R Berry apresenta a leitura interlinear da seguinte forma: “se comporta indecorosamente à virgindade dele. “Isto significa que a” virgem “em questão não é a de qualquer outra pessoa, mas a sua própria virgindade. Algumas versões em inglês transmitem esta compreensão. A Tradução do J.N Darby verteu: “Mas, se alguém pensar que comporta-se de modo impróprio para com sua virgindade,. . . deixe-o fazer como quiser, ele não peca.” (Ver também a Bíblia por J.B Rotherham.) Tal tradução se harmoniza tanto com o Texto grego como com palavras anteriores de Paulo incentivando o estado de solteiro. (1 Cor. 7: 29-35) Assim, em 1 Coríntios 7: 36-38 Paulo exorta as pessoas a considerarem suas próprias necessidades. Alguém passou do tempo em que o interesse sexual se tornou forte? Se assim for, e se ele ou ela ainda sente que seria melhor se casar, não há pecado em fazê-lo. Mas o cristão que é capaz de dar lugar ao estado de solteiro terá menos distrações e mais liberdade para servir ao Senhor. Mas, pessoalmente, eu sou casado … Atenciosamente, Wes Williams



A menos que haja uma indicação, todas as citações bíblicas são da Tradução do Novo Mundo da Bíblia Sagrada.



Os artigos deste blog podem ser citados ou republicados, desde que seja citada a fonte: o blog oapologistadaverdade.blogspot.com.br